A Poética da Docência no Brasil

Reflexões sobre a formação do sujeito formador

Proposta para curso de Formação Continuada [Ação]

combinado com palestras:

Movimento de Pais: espaço de convívio e descobertas [Mais]
Formação Humana aberta à comunidade [ForHum]

Inscrições encerradas

Reunião de apresentação: 09 de abril

Patrocínio:

Ecosocial


Não há, basicamente, em nenhum nível, uma educação que não seja a auto-educação. [...] Toda educação é auto-educação e nós, como professores e educadores, somos, em realidade, apenas o ambiente da criança educando-se a si própria. Devemos criar o mais propício ambiente para que a criança eduque-se junto a nós, da maneira como ela precisa educar-se por meio de seu destino interior.
- Rudolf Steiner


Diante do cenário atual da educação brasileira faz-se necessário refletir sobre a docência, o currículo do ensino fundamental I (primeiro ao quinto ano) e as expectativas de aprendizagem através da Base Comum Nacional.  Considerando as experiências do grupo de profissionais, o intuito da formação investirá nas abordagens artísticas, sociais e interações com a natureza para fomentar discussões sobre a realidade e os véus dos modos de ensinar.
Para além da transmissão do conhecimento acumulados pela humanidade, os saberes escolares devem ampliar os saberes das crianças acomodadas nas escolas brasileiras. Portanto as 200 horas de formação apostam inteiramente na ampliação de repertório dos profissionais e no desenvolvimento de sua capacidade de interagir com os desafios postos pela nossa sociedade e pela estrutura de ensino existente no pais.


O projeto pretende oferecer aos participantes uma reflexão sobre a docência no Brasil a partir tanto de um olhar amplo sobre as pedagogias existentes e mais atuantes, como também através de conteúdos específicos da pedagogia Waldorf.

O objetivo é pensar as relações humanas dentro das dimensões: cognitiva, afetiva, social e espiritual. Considerando sempre o espaço escolar como um local de convívio comunitário, onde estudantes, professores e pais se relacionam de forma criativa e generosa, procurando enfrentar a realidade de forma corajosa e dinâmica, preparados e dispostos a conviver também com diferenças, desigualdades e perspectivas diversas.

Sem dogmas ou regras, sem modelos ou fórmulas prontas, seja de ensino, seja de convívio, pelo contrário, respeitando ao máximo a individualidade e o desenvolvimento de cada um na busca concreta pela liberdade e autonomia. Dentro e fora da sala de aula.

Ao final, espera-se que os participantes disponham de novos materiais para explorar a referida liberdade e autonomia como profissionais da educação em qualquer ambiente que venham a atuar, e possam enfrentar da melhor maneira as dificuldades existentes na educação brasileira.

Ao final também, temos esperança que através deste processo possamos estar mais próximos do futuro corpo docente da futura escola. O convívio, a troca, as discussões e reflexões partilhadas, acreditamos, por si só nos levarão de encontro a um grupo de professores alinhados com nossa visão e desejo de construir um novo espaço de convívio e criação para estudantes, professores e pais.

O programa idealizado para as três séries - Ação, ForHum e Mais - foi elaborado pensando em seu público especifico.

Ação – para profissionais da área da educação, pretende principalmente oferecer um espaço de reflexão sobre a educação que partirá do geral para o específico. Isto é, o programa quer apresentar uma visão da educação brasileira em geral, conhecer outras pedagogias para então, aos poucos, ir se concentrando nos elementos que compõem e caracterizam a pedagogia Waldorf e as ideias de Rudolf Steiner.

ForHum – aberto à toda comunidade, pretende percorrer o mesmo caminho, porém, dando acesso agora a qualquer interessado e incluindo questões ou temas que atingem a sociedade como um todo, independente da formação do ouvinte.

Mais – dedicada aos pais e participantes do Ação, além de aproximar os dois grupos, pretende revelar uma outra perspectiva que é das relações entre as crianças e os adultos, e entre profissionais e leigos. Portanto, por excelência estará centrada em um espaço de diálogos e convívio com a alteridade.

 

IMPORTANTE:

A CARGA HORÁRIA DOS PARTICIPANTES SELECIONADOS PARA A FORMAÇÃO INCLUI AS TRÊS SÉRIES - AÇÃO / FORHUM / MAIS.




Período De abril a dezembro de 2016
Carga horária: 20h mensais, intensivas, distribuídas em 3 dias ao mês
[com exceção do mês de julho que contará com um módulo duplo]

Total: 200 horas [Ação / Mais / ForHum]
  20h anuais / Total: 20 horas [Mais]
  20h anuais / Total: 20 horas [ForHum]
Capacidade De 30 participantes [Ação]
Até 70 participantes por encontro [Mais]
Até 150 participantes por encontro [ForHum]

A cada encontro do Ação serão destinados 4hs de exercícios terapêuticos com o intuito de abrir os sentidos dos profissionais, através de uma escuta atenta, um caminho mais profundo de autoconhecimento e fortalecimento do seu EU. O Despertar se dedicará a vivências com canto, desenvolvimento corporal, trabalhos manuais e artes em geral.

A cada encontro também, os participantes terão acesso a 2 temas abordados por 2 convidados distintos vindos de diversas regiões do pais. Um tema longo com duração de 3 períodos e outro curto, com duração de 1 período, isto é, a tarde de um dos dias. Cada convidado tem a liberdade total de escolha de como apresentará seu tema, seja através de uma exposição direta, seja através de vivências, exercícios ou trabalhos coletivos. (ver programação completa)

Horário Sexta Sábado Domingo
8:00 - 8:30h Recepçáo Recepçáo
8:30 - 10:00h Tema 1 - Ação Tema 1 - Ação
10:00 - 10:30h Coffee-break Coffee-break
10:30 - 12:00h Tema 1 - Ação Tema 1 - Ação
12:00 - 14:00h Almoço Almoço
14:00 - 15:30h Despertar Despertar
15:30 - 16:00h Coffee-break Coffee-break
16:00 - 18:00h Tema 2 - Ação Tema 1 - Ação
19:30 - 21:30h Palestra [ForHum] Palestra / Mini-oficina [Mais]




[Despertar]  
16 e 17/abr Lydio Roberto (PR): Música da nossa terra confirmado
21 e 22/mai Luciana Betti (SP): Argila confirmada
18 e 19/jun Rosana de Lima (PR): Trabalhos Manuais confirmada
16 e 17/jul Karla Prates (MG/Inglaterra): A importância da consciência do movimento harmonizante e revelador da alma da criança ao professor e aos pais confirmada
30 e 31/jul Lydio Roberto (PR): Música para Vivência de São João confirmado
20 e 21/ago Elizângela (PR): Jogos via Trabalhos Manuais confirmada
17 e 18/set Andi Rubinstein (SP): A Chama do Contador de Histórias
22 e 23/out Glória Bertalot (SP): A voz e o canto a confirmar
19 e 20/nov Heloisa Borges (SP): Desenho de Lousa confirmada
10 e 11/dez Luciana Betti (SP): Festas do ano e as cores confirmada

Os encontros acontecerão no EDUCA MATO PRETO: espaço cultural de desenvolvimento humano localizado em Campo Largo, no seguinte endereço:

Rua Mato Grosso, 4500 (entrada pela Rua Marco Rigone 270), Ferraria, Campo Largo a 20 km do centro de Curitiba.

São 5.000 m² de área. O local dispõe de sala ampla para todas as atividades, salas pequenas para grupos de trabalho, refeitório onde se realizarão todas as refeições, área verde para descanso nos intervalos e contato direto com a natureza.

 

Mapa:

Haverá uma Van disponível para os participantes interessados que fará o seguinte trajeto nos dois dias de curso, portanto, no sábado e domingo:

Saída: Estacionamento do Parque Barigui. Horário: 7:30h

Retorno: Estacionamento do Parque Barigui. Horário previsto de chegada: 18:30h

IMPORTANTE:

OS PARTICIPANTES INTERESSADOS DEVEM INDICAR NA FICHA CADASTRAL. A VAN DISPÕE DE 15 VAGAS QUE SERÃO COMPLETADAS CONFORME INSCRIÇÃO, CONSIDERANDO A NECESSIDADE DE CADA UM.

 

OS HORÁRIOS SERÃO SEGUIDOS RIGOROSAMENTE!

Os participantes terão direito aos almoços (sábado e domingo) e aos coffee breaks pela manhã e pela tarde. As refeições serão servidas no refeitório pela Campo & Cozinha com preparação dos alimentos feita pela CEDAN (Centro de Desenvolvimento da Agricultura Natural) com cardápio especialmente elaborado para o curso. Frutas, verduras e legumes plantados e colhidos através dos princípios da agricultura natural combinados para uma alimentação saudável e adequada para o ritmo diário proposto.

Ao final das inscrições, no dia 09 de abril de 2016, haverá uma reunião/vivência com todos os participantes selecionados para a definição do valor e da forma de pagamento do curso.

Queremos que TODAS as pessoas que queiram fazer o curso possam se inscrever. Entendemos que o custo por participante não é um critério de seleção para fazer ou não a Formação Continuada [Ação]. Trabalhamos com o conceito do “ponto de equilíbrio”. O que é isso?  Buscamos entender qual é o valor que cada um define como sendo valioso para remunerar o programa e também que seja possível para si.

Desta forma, após a seleção dos inscritos faremos um encontro com os participantes, onde este conceito será trabalhado e cada um chegará no quanto pode investir no curso. Esse modelo é uma nova forma de olhar para o “mundo das possibilidades”, com foco no indivíduo, no outro, no comum a todos (comunitário).

Se queremos valorizar e cuidar do indivíduo (de cada criança), precisamos estar atentos em primeiro lugar a nós mesmos e a nossas relações.

 

Reunião de apresentação: 09 de abril

A Associação Grão Saber (Movimento de Pais por uma Nova Escola Waldorf em Curitiba) é uma Associação Civil, com personalidade jurídica de direito privado sem fins lucrativos, que surgiu para “criar um espaço comunitário que oportunize uma educação que apoie o desenvolvimento de crianças livres, integradas, socialmente competentes e moralmente responsáveis”.

Complementam nossos eixos de trabalho, criar uma estrutura escolar que leve em consideração a relação com a natureza e sustentabilidade do ambiente e fomentar um ambiente comunitário, criando uma “ilha de Cultura”, espaço onde existam ações que contemplem: agricultura, saúde, educação e produção, por meio de trabalho, estudo e confraternização junto a crianças, jovens e adultos, com o propósito de fundar uma escola de grau baseada na Pedagogia Waldorf na região norte/nordeste de Curitiba para o ano letivo de 2017.

A gestão da associação é realizada por membros voluntários. A administração é conduzida de forma associativa, organizada por um grupo gestor e 12 subgrupos, dedicados à criação de estratégias, estudos e iniciativas que contribuam com os eixos de atuação. O impulso para a criação da Associação surgiu no início de 2014. O desejo de uma comunidade de pais por uma Escola Waldorf para seus filhos motivou a formação da associação. De maio de 2015 até o presente momento foram realizados mais de 170 encontros – entre assembleias e reuniões de grupos de trabalho – que permitiram elaborar uma análise de viabilidade financeira, um mapeamento dos espaços físicos da região, a construção de meios e mídias de comunicação, um projeto de captação de recursos e uma proposta para um curso de formação continuada para docentes.

Tendo em vista que a associação foi em princípio formada essencialmente por pais, sem a participação de profissionais da área de educação, e que a preocupação da criação de um ambiente comunitário e associativo norteavam a iniciativa da criação da escola, rapidamente ficou claro a todos que a simples abertura de editais de contratação de professores não atenderia às expectativas.

O Corpo Docente a ser formado necessitaria de convívio e troca de experiências, não só entre os futuros professores, mas também com os associados, futuros pais dos estudantes desta escola. Com a meta de criação da escola para 2017, este ano, - 2016 -, é momento único para a criação do referido espaço de convívio e troca de experiências.

Por esta razão, através de pesquisas, estudos e consultoria, chegou-se à proposta de atividades que atendessem a estas necessidades. A proposta foi contemplada com o patrocínio parcial da EcoSocial.

Proposta, que aqui está!!!

Pré-Requisito:

Licenciatura em Pedagogia ou em qualquer área

Disponibilidade para participar em todos os módulos

 

 

Público alvo:

Estudantes do último ano do Ensino Superior; Pedagogo/as, Diretore/as de escolas, professore/as licenciados em diferentes disciplinas como: geografia, ciências, línguas, matemática, educação física, música, artes, filosofia entre outras, advindos do ensino tradicional ou de qualquer linha pedagógica específica.

 

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

A programação ocorrerá conforme a distribuição da carga horária descrita em Formato e Ritmo dos Encontros, nas seguintes datas:

Mês Dia
Abril 15,16 e 17
Maio 20,21 e 22
Junho 17,18 e 19
Julho 15,16,17 e 30,31
Agosto 19,20 e 21
Setembro 16,17 e 18
Outubro 21,22 e 23
Novembro 18,19 e 20
Dezembro 09,10 e 11

O programa contará com os seguintes convidados e temas atuando nas três séries: ForHum, Mais & Ação.

[ ForHum ] palestras abertas à comunidade, sempre às sextas-feiras às 19h
[ Mais ] palestras abertas para associados, inscritos no Ação e convidados, sempre aos sábados às 19:30h
[ Despertar ] vivências exclusivas para os inscritos no Ação, das 14 às 15:30h (sábados e domingos)
[ Ação ] 1 cursos de 10 horas, exclusivos para os inscritos no Ação, das 8 às 12h e das 16 às 18h (sab/dom)
[ Ação ] 2 palestras ou vivências, exclusivas para os inscritos no Ação, das 16 às 18h
[ ForHum ] 27/fev Ute Craemer (SP) / Susanne Rotermund (PR): O Currículo Social realizada
[ ForHum ] 19/mar Jonas Bach (PR): A autogestão das escolas Waldorf: a concepção de Rudolf Steiner de sociedade realizada
[ ForHum ] 15/abr Hélcio de Castro Padrão (MG): A Educação que eu quero para meu filho e reflexões sobre uma nova Pedagogia realizada
[ Mais ] 16/abr Camila Piza (SP): Volta ao mundo em 13 escolas realizada
[ Despertar ] 16 e 17/abr Lydio Roberto (PR): Música da nossa terra realizada
[ Ação ] 1 16 e 17/abr Hélcio de Castro Padrão (MG): Desafios para uma pedagogia criativa realizada
[ Ação ] 2 17/abr Camila Piza (SP): Volta ao mundo em 13 escolas realizada
[ ForHum ] 20/mai André Gravatá (SP): Educação que transborda realizada
[ Mais ] 21/mai Reinaldo Nascimento (SP): Pedagogia de Emergência realizada
[ Despertar ] 21 e 22/mai Luciana Betti (SP): Argila realizada
[ Ação ] 1 21/mai André Gravatá (SP): Para uma educação com significado realizada

 

22/mai Alexandre e Juliana Bertoldo (PR): Agricultura Natural realizada
[ Ação ] 2 22/mai Larissa K. Kautzmann (PR): Provocações sobre Avaliação realizada
[ ForHum ] 17/jun José Pacheco (SP): A experiência da Ponte realizada
[ Mais ] 18/jun Jonas Bach (PR): O currículo Waldorf realizada
[ Despertar ] 18 e 19/jun Rosana de Lima (PR): Trabalhos Manuais realizada
[ Ação ] 1 18 e 19/jun Jonas Bach (PR): O currículo Waldorf realizada
[ Ação ] 2 19/jun Lorena de F. Nadolny (PR): O movimento do corpo Infantil realizada
[ Despertar ] 16 e 17/jul Karla Prates (MG/Inglaterra): A importância da consciência do movimento harmonizante e revelador da alma da criança ao professor e aos pais. realizada
[ Ação ] 1 16 e 17/jul Melanie Guerra (SP): Pedagogia Waldorf; metodologia e didática de ensino e a atuação do professor de classe realizada
[ Ação ] 2 17/jul Paulo Soethe (PR): O ensino da língua, a descoberta do mundo realizada
[ Despertar ] 30 e 31/jul Lydio Roberto (PR): Música para Vivência de São João realizada
[ Ação ] 1 30/jul Rogério Calia (SP): A Filosofia da Liberdade de Rudolf Steiner realizada
[ Ação ] 2 31/jul Vivência de São João realizada
[ ForHum ] 19/ago Thiago Berto (RS): Quando educação, natureza e empreendedorismo se encontram realizada
[ Mais ] 20/ago Jonas Bach (PR): O Currículo Waldorf

realizada

[ Despertar ] 20 e 21/ago Elizângela Christiane de Pinheiro Leite (PR): Jogos via Trabalhos Manuais realizada
[ Ação ] 1 20 e 21/ago Reinaldo Nascimento (SP): Pedagogia de Emergência. Arte de sobreviver ao caos ? realizada
[ Ação ] 2 20/ago Jonas Bach (PR): A autogestão das escolas Waldorf: a concepção de Rudolf Steiner de sociedade realizada
[ ForHum ] 16/set Sandra Beck (SC): Os quatro temperamentos realizada
[ Mais ] 17/set Marcelo Petraglia (SP): Arte, Antroposofia e Educação realizada
[ Despertar ] 17 e 18/set Andi Rubinstein (SP): A Chama do Contador de Histórias a confirmar
[ Ação ] 1 17 e 18/set Marcelo Petraglia (SP): Arte, Antroposofia e Educação realizada
[ Ação ] 2 17/set Sandra Beck (SC): Os quatro temperamentos realizada
[ ForHum ] 21/out Ana Paula Cury (SP): Família, comunidade, escola

a confirmar

[ Mais ] 22/out Heloisa Borges (SP): Aula Principal: espaço de criação confirmada
[ Despertar ] 22 e 23/out Glória Bertalot (SP): A voz e o canto

a confirmar

[ Ação ] 1 22 e 23/out Heloisa Borges (SP): Aula Principal: espaço de criação confirmada
[ Ação ] 2 22/out A definir

a confirmar

[ ForHum ] 18/nov Gabriel Guerrer (PR): A física quântica e os limites da consciência confirmado
[ Mais ] 19/nov Waldyvia de P. Machado (SC): Os sete processos vitais confirmada
[ Despertar ] 19 e 20/nov Heloisa Borges (SP): Desenho de Lousa confirmada
[ Ação ] 1 19 e 20/nov Waldyvia de P. Machado (SC): Os sete processos vitais confirmada
[ Ação ] 2 19/nov Gabriel Guerrer (PR): A física quântica e os limites da consciência (na escola) confirmado
[ ForHum ] 09/dez Adma Garzeri (SP): Escola do Altruísmo
[ Mais ] 10/dez Ute Craemer (SP): O Currículo Social na Pedagogia Waldorf

a confirmar

[ Despertar ] 10 e 11/dez Luciana Betti (SP): Festas do ano e as cores na aquarela confirmada
[ Ação ] 1 10 e 11/dez Rubens Salles (SP): A Pedagogia Waldorf em escolas da rede pública
[ Ação ] 2 11/dez Vivência de Encerramento confirmado



A programação será atualizada regularmente.